Páginas

30 de dez de 2011

DESERTO DO ATACAMA - Você me pergunta o que vou fazer num Deserto...



O Deserto do Atacama é um rodeado de Cordilheira dos Andes. Lindo visual de onde quer que se esteja. Os guias nos dizem que a maior parte das montanhas nevadas são vulcões. Enormes criaturas em sono profundo. 10% deles, se mantém despertos e ativos ao longo dos anos. O mais lindo é o Licancabur! Até o nome impressiona!  Vende-se um trekking de 07 horas de subida para os que querem poder esticar os braços e tocar o céu. Vai lá, depois me conta! Aqui há tours para todos os gostos, dos mais contemplativos aos mais desafiadores. Escolho a trilha do meio.


Dia de visita às LAGUNAS ALTIPLÂNICAS  E  SALAR DE ATACAMA que ficam a mais de 4.000 m.
O local está situado num salar, uma reserva de sal onde vivem os flamingos de cores avermelhadas. Entramos neste santuário em silêncio. Por sorte, eles estavam lá, sobrevoando o santuário de lagoas, de um lado para outro.  Setembro. Ainda há gelo do inverno, o que deixa o cenário ainda mais lindo. A Cordilheira dos Andes emoldura o quadro!


O dia seguinte está reservado para visitar os temidos campos geotérmicos GEYERS DEL TATIO. Temidos pelo frio. Triplico meus agasalhos.  Partimos às 4h da manhã para 4.300m de altitude por estradas de terra.Temperatura negativa 12C. Pic Nic para café da manhã no meio das fumarolas numa enorme área onde a terra jorra fluxos de vapor que alcançam 10 m de altura! Nada de tocá-los para esquentar as mãos!  Alcançam temperaturas de 85C e fazem festa de arco Iris quando o sol aparece!  Eu também!!!!!


Seguimos caminhando por um leito de rio de água quente, águas vulcânicas. Banho termal. Os mais corajosos arrancam as milhões de roupas e se jogam na água...Meus companheiros de viagem são nórdicos e por viverem em países frios, pouco se importam com a temperatura do lado de fora...festejam qualquer raio de sol!!!  Continuei vestida e ajudei no Vivaaaa!!!



OJOS DEL SALAR.  LAGUNA CEJAS. LAGUNA
TEBINQUICHE. Outras tantas...
Lagoas de todos os tipos.  Lagoas cristalinas. Lagoas das águas do degelo.  Lagoas para espelhar a sua imagem. Lagoas tão carregadas de sal... Lagoas para flutuar...



O Museu e a igreja de São Pedro de Atacama contam a história do lugar. Visita que se faz à pé.



A noite há um TOUR ASTRONÔMICO para se contemplar o céu de ATACAMA.
O livro O mundo de Sofia passeia pela relatividade do tempo e do espaço e diz poeticamente que olhar para as estrelas é olhar o passado. Quando olhamos para o céu,  uma parte das estrelas que vemos já morreram há muito tempo. A sua distância de nós era tão grande que, quando a luz que emitiram chega até aqui, elas mesmas já não existem mais.
O Deserto e suas estrelas de  mentira. Calor e frio. Alto e baixo. Montanhas entre rosas e azuis. O vilarejo e suas paredes de adobe. Nada aqui é concreto. O Universo e a relatividade. O deserto é um convite para pensar na imensidão...



Escritinhos dá as dicas para o Deserto do Atacama:
http://escritinhospelomundo.blogspot.com.br/p/dicas.html


4 comentários:

  1. ESSE LUGAR É LINDO MESMO, UM DIA TENHO CERTEZA Q VOU IR LÁ! TODO ESSE CÉU AZUL DÁ UMA PAZ NO CORAÇÃO!! LINDAS FOTOS ADOREI MESMO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carla! A sensação foi exatamente essa, de paz! Origada pela visita! Bj!

      Excluir

Deixe aqui o seu recadinho e email: